Postagens populares

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Paralelas e Desencontros


Duas linhas paralelas,
Tentando se encontrarem
Para fortalecerem seu “Eu”
Mas romperam-se no desencontro. ...

Duas linhas com objetivos opostos
Que em dado momento se entrelaçam
Ambas, buscando o amor ora prometido,
E nesta busca insensata se chocam.

Duas linhas separadas. ...!
Seguindo sozinhas e paralelas
Adormecendo o desejo de viver um amor
Que não passou de ilusão. ...!

Duas linhas paralelas e a saudade
Plasmada no horizonte distante
Ambas com sua insensatez e inteligência
Em busca da felicidade perdida.

Na tentativa do encontro desencontrado
Cada qual sofreu a seu modo!
Mesmo mantendo-se firme em suas convicções
Virando apenas uma lenda. !

Do Sol e da Lua,
Do dia e da Noite,
De duas linhas paralelas
Cada qual com seu brilho e fortaleza.

Um comentário:

  1. E duas linhas paralelas formam um unico caminho.
    Ótimo poema.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir